Loja Brasília

Palestra do Gen. Ex. Augusto HELENO no GODF

A Loja Brasília n. 1882 se fez presente com grande número de Irmãos no Grande Oriente do Distrito Federal no dia 31/03/2014, quando foi proferida a palestra "O Movimento de 1964" pelo General Augusto HELENO Ribeiro Pereira. Leia abaixo a matéria:

A noite do dia 31 de março de 2014 entra para a história da Maçonaria do Brasil. Na data que marca a passagem de 50 anos da Contrarrevolução, o Grande Oriente do Distrito Federal recebeu, em Sessão Pública, o General Augusto HELENO Ribeiro Pereira, que proferiu Palestra sobre o período histórico que antecedeu a ação dos Militares em 1964, enriquecendo o tema com muita informação e uma extraordinária apresentação.

 

Estiveram presentes à sede do Grande Oriente do Distrito Federal cerca de 1.500 pessoas, que ocuparam o Templo Nobre e a área coberta, especialmente preparada para o evento. Através do site do GODF, 3.708 internautas tiveram a oportunidade de acompanhar o evento ao vivo.

 

O Grão-Mestre Distrital, Eminente Irmão Jafé Torres, abriu os Trabalhos, agradecendo a disponibilidade do Gen. Heleno em proferir a palestra, e convidou o Gen. Santa Rosa para fazer a leitura do currículo do Exmo. Sr. Augusto Heleno.


Por exatos noventa minutos o General Heleno conduziu a audiência em uma viagem à história do período anterior a 1964, sendo interrompido várias vezes por salvas de palmas.

Outros trinta minutos foram dedicados às perguntas apresentadas pelos presentes, e o Gen. Heleno respondeu aos questionamentos formulados com muita disponibilidade.

Na Conclusão da Sessão, o Grão-Mestre Adjunto do GODF, Poderoso Irmão Lucas Galdeano, foi convidado a fazer a entrega da Comenda de Reconhecimento Maçônico do GOB, destinada ao Gen. Heleno por ocasião da Homenagem prestada pelo GODF às Forças Armadas, em 2009.

O Gen. Heleno recebeu ainda a Medalha Comemorativa dos 40 anos de Fundação do Grande Oriente do Distrito Federal, ofertada através dos Eminentes Irmãos José Magela do Nascimento e Luiz Gonzaga da Rocha, Presidentes da Assembleia Distrital Legislativa e Tribunal de Justiça do GODF, respectivamente.

O Grão-Mestre Jafé Torres fez a entrega de uma placa alusiva à relevante data, com os seguintes dizeres:

O Grão-Mestre do Grande Oriente do Distrito Federal - GODF, tem a elevada honra de passar às mãos do Excelentíssimo Senhor General de Exército Augusto Heleno Ribeiro Pereira, esta placa de agradecimento, através da qual expressa o profundo sentimento de gratidão de toda a comunidade maçônica do Distrito Federal, por sua enriquecedora contribuição aos nossos ideais democráticos, através da brilhante e histórica palestra proferida no dia 31 de março de 2014, em Brasília-DF, sob os auspícios da Obediência Distrital.

Oriente de Brasília-DF, 31 de março de 2014

 Jafé Torres

Grão-Mestre Distrital

 

Fizeram uso da palavra, saudando o ilustre palestrante os Eminentes Irmãos Luiz Gonzaga da Rocha e José Magela do Nascimento, o Pod. Irmão Lucas Galdeano,  e ainda o Grão-Mestre Distrital, Eminente Irmão Jafé Torres que, celebrando o sucesso do evento, bradou três vivas ao Brasil. A saudação ao Pavilhão Nacional ficou a cargo do Poderoso Irmão Reginaldo Gusmão de Albuquerque, Sec. da Guarda dos Selos do GODF.


O Grande Oriente do Distrito Federal agradece o apoio dos Obreiros e Lojas Jurisdicionadas para a realização da Sessão Pública e, em particular aos Irmãos Airton Medeiros, que atuou como Mestre de Cerimônias, ao Poderoso Irmão João dos Reis Neto, Sec. de Orientação Ritualística do GODF, que ofereceu todo o suporte à ritualística, e à Comissão Organizadora, formada pelos Irmãos:

  • Jafé Torres;

  • Lucas Francisco Galdeano;

  • Reginaldo Gusmão de Albuquerque;

  • Carlos Leger Sherman Palmer;

  • Airton de Medeiros;

  • Moacir Humberto;

  • Edilon Ferreira; e

  • Vagner Fernandes.

Agradecemos igualmente a cunhadas, sobrinhos e convidados que abrilhantaram essa noite do dia 31 de março de 2014, engrandecendo de forma toda especial este evento.

Veja mais fotos do Evento

Assista a Palestra


Repercussões sobre o evento:

General dá palestra e relembra 'contrarrevolução' de 1964

  • Augusto Heleno Ribeiro disse nesta segunda-feira que a volta dos militares ao poder seria hoje uma estupidez.

DEMÉTRIO WEBER

BRASÍLIA - O general de Exército reformado Augusto Heleno Ribeiro disse nesta segunda-feira que a volta dos militares ao poder seria hoje uma estupidez, porque o mundo é outro e a democracia, apesar dos defeitos, é o melhor regime. A convite da maçonaria do Distrito Federal, ele proferiu palestra em que defendeu o movimento militar de 1964 - ou "contrarrevolução", com prefere chamar -, em evento alusivo aos 50 anos do golpe, na loja do Grande Oriente do Distrito Federal, em Brasília.

O general Heleno opinou sobre a volta dos militares ao poder ao responder a uma pergunta da plateia que indagava sobre essa possibilidade:

- Seria uma estupidez, porque o mundo hoje é outro. É uma coisa insensata, não tem o menor sentido. (Temos uma democracia), com todos os defeitos, é o melhor regime - disse ele.

Entre 2004 e 2005, Heleno comandou a Missão das Nações Unidas para a Estabilização do Haiti, a força de paz da ONU, chefiada pelo Brasil, no país caribenho. Depois, foi também comandante militar da Amazônia.

O general começou a palestra rebatendo declaração da presidente Dilma Rousseff, que disse ontem que "nossas instituições, nossas liberdades, nossos sonhos foram calados" por 21 anos, por causa da ditadura militar. Heleno contestou a afirmação, indagando por quanto tempo a liberdade do povo brasileiro teria sido cerceada se grupos guerrilheiros e terroristas tivessem prevalecido no Brasil.

A palestra tratou apenas do período pré-1964, encerrando logo após a deflagração do golpe. Sobre o conjunto da obra do período militar, o general afirmou que era difícil fazer uma avaliação:

- Erramos em muitos pontos, acertamos em muitos pontos.

Ele criticou a Comissão Nacional da Verdade, afirmando que os integrantes da comissão partem do pressuposto de que os grupos que travaram a luta armada contra o regime buscavam implantar uma democracia no Brasil. Segundo ele, o objetivo, na verdade, era impor um regime ditatorial comunista. O general usou o futebol para fazer uma analogia e desqualificar a comissão:

- É como se pegasse a torcida do Fluminense e do Vasco e escolhesse aqueles das torcidas mais fanáticas e mandasse escrever a história do Flamengo.

O auditório riu.

Heleno também criticou o jornal O Globo por ter publicado editorial, no ano passado, revendo o apoio ao golpe militar. Segundo ele, o jornal "recentemente renegou todo o seu passado".

Fonte: O Globo

Mensagens Recebidas:


Parabéns aos srs pela iniciativa de promover uma palestra de tão bom conteúdo e transmiti -la .
Grato , Marcelo - Itupeva SP


Peço encarecidamente a disponibilização da palestra em meio para download. A transmissão para Recife - Pernambuco apresentou falhas a todo momento. Acho q outros aproveitariam muito esta disponibilização. Durante a transmissão, na área aberta para o chat, internautas tb de outros estados tinham o mesmo problema.
Grato pela atenção

Ricardo Carvalho Krause Gonçalves


Agradeço a oportunidade a mim oferecida de assistir em Curitiba, via internet, a tão ilustre palestra. Renovou as minhas convicções sobre a Revolução de 64. Parabéns a todos pela iniciativa.
TFA a todos.

Eloy Silva


Parabenizo ao Ir.'. Jafé Torres, Grão-Mestre do GODF pela iniciativa da belíssima palestra proferida pelo Exmo. Sr. Augusto Heleno Ribeiro Pereira - Gen. do Exército Brasileiro. Atualmente estou secretariando a ARLS "Harmonia e Trabalho" Nº 2953, ao Or.'. de Amparo (SP)

José Souza Terra Pereira da Silva


MINHAS HOMENAGENS AOS VERDADEIROS HERÓIS DA CONTRA REVOLUÇÃO DO DIA 31 DE MARÇO DE 1964!!!! GRAÇAS À FFAAS DO BRASIL AINDA RESPIRAMOS A DEMOCRACIA . VIVA OS GUERREIROS QUE GARANTIRAM QUE O BRASIL NÃO SE TORNASSEM UMA DITADURA IGUAL AO DE CUBA. PARABÉNS MILITARES BRASILEIROS! !! PRINCIPALMENTE AOS GUERREIROS DE 64!!!
Roberto Dias


... dentre centenas. Obrigado a todos pela participação.

 


Mais Notícias